Porque o CS Brasil Deve Produzir um Record de Açúcar nessa Safra

Pontos Principais

  • A região CS do Brasil deve produzir um recorde de 41,5 milhões de toneladas de açúcar nesta temporada.
  • A paridade entre açúcar e etanol nunca foi tão alta por tanto tempo.
  • As usinas estão investindo em mais capacidade de produção.

O Centro-Sul (CS) do Brasil é a maior região produtora de cana-de-açúcar do mundo. É também o maior produtor e exportador de açúcar. O que acontece no CS Brasil dá o tom para todo o mercado de açúcar.

Nos próximos 12 meses, acreditamos que a dependência mundial no CS Brasil para a oferta de açúcar crescerá a níveis recordes. Até 70% do açúcar bruto mundial virá do CS Brasil em 2024, ante 55% em 2022.

A boa notícia é que o CS Brasil deve produzir um recorde de açúcar em 2023/24. A má notícia é que vai ser difícil para o CS Brasil fornecer esse açúcar para o mundo tão rápido quanto for necessário.

Neste artigo, vamos nos concentrar nas boas notícias e examinar por que o CS Brasil deve produzir 41,5 milhões de toneladas de açúcar em 2023/24. São 3 milhões de toneladas a mais do recorde anterior. Como a região conseguiu aumentar a produção de açúcar em 3 milhões de toneladas em 3 anos?

Clima

A cana é uma cultura muito resiliente. Quando o clima está seco, a produtividade agrícola (toneladas de cana por hectare) pode cair, mas em menor escala do que na soja ou no milho, por exemplo. E o contrário é verdadeiro. Um maior volume de chuvas pode ter um impacto significativo no aumento da produtividade agrícola.

Até o momento, neste ano, o CS registrou 1420 mm de chuvas, quase 40% acima da média histórica de 20 anos.

Moagem

Excelente precipitação equivale a excelente produtividade agrícola. Até outubro, o TCH (toneladas de cana por hectare) acumulado estava em 89 – o maior número que temos em nossa base histórica iniciada em 2010.

Fonte: Czapp/UNICA

Portanto, estimamos a disponibilidade geral de cana no CS Brasil em cerca de 675 milhões de toneladas nesta safra. É um valor recorde.

No entanto, acreditamos que as usinas da região só têm capacidade para moer 664 milhões de toneladas se operarem em plena capacidade. Isso significa que haverá um alto volume de cana bisada no final desta temporada, que poderá ser colhida e processada no início da próxima safra.

A safra de 2024/25 pode, portanto, começar rapidamente, como aconteceu em 2016/17, se o tempo permitir.

Fonte: UNICA

Acreditamos que as usinas devem moer 644 milhões de toneladas de cana em 2023/24, o que é 20 milhões de toneladas a mais do que o recorde anterior estabelecido em 2020/21. Para as usinas atingirem esse patamar depende da quantidade de cana que conseguirem moer em Q1’24, que depende do clima. Um clima chuvoso limita o acesso ao campo e, portanto, levaria a uma moagem menor.

Preço do Açúcar

As usinas do CS Brasil podem escolher entre maximizar a produção de açúcar ou etanol, dependendo de qual produto paga mais. O açúcar pagou mais do que o etanol desde o início de 2020. No entanto, nas últimas 3 safras, a vantagem do açúcar sobre o etanol não foi suficiente para empurrar o mix de açúcar além de 46%.

Desde meados de 2022, os preços do etanol vêm caindo, enquanto os do açúcar vêm subindo. O açúcar agora paga 13c/lb a mais do que o etanol, um dos prêmios mais altos já vistos. Mesmo usinas nos estados de fronteira (que normalmente preferem fazer etanol por causa do alto frete interno para levar açúcar aos portos para exportação) são incentivadas a maximizar a produção de açúcar.

Não só o prêmio do açúcar sobre o etanol é extremamente alto, como tem sido sustentado por muito tempo. Isso contrasta com o forte rali do açúcar em 2011. Para as usinas, o sinal de preço tem sido: AÇÚCAR, AÇÚCAR, AÇÚCAR.

Mix de Açúcar

Com o incentivo para produzir mais açúcar, as usinas do CS têm levado o mix ao limite. Desde a safra passada, pequenas melhorias foram feitas para garantir uma maior flexibilidade para açúcar. Este ano, mais projetos de produção de açúcar foram anunciados, levando a um aumento da capacidade de produção de açúcar de mais de 2 milhões de toneladas nos próximos 2 anos.

Mas, nesta safra, as usinas devem atingir um mix por volta de 48,8% de açúcar, o maior desde 2012/13. No próximo ano, pode atingir 50% mas para isso as usinas terão que lidar com níveis recorde de estoques …

Para entender por que a produção recorde de açúcar do Brasil não está baixando os preços do açúcar, leia nosso próximo artigo.

Ana Zancaner

Amendoim e Aflatoxina: Mitos e Fatos

  • A aflatoxina pode afetar amendoins mal armazenados e processados.
  • É cancerígena/mutagênica em humanos e animais.
  • Nos últimos anos, o Brasil melhorou seus controles de aflatoxinas para amendoim.

Carla Aranha

3 dias atrás

2 min